Correio do Povo: Exposição que homenageia Lupicínio Rodrigues abre em Porto Alegre

O Farol Santander abre nesta terça-feira “Lupi: pode entrar que a casa é tua”, com fotos, vídeos e memorabília original do cantor

18/04/2023 | 7:11
Arte & Agenda

Lupicínio Rodrigues na Rua da Praia em foto restaurada | Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação / CP

O Farol Santander Porto Alegre (Sete de Setembro, 1028, Centro Histórico) abre, nesta terça-feira, “Lupi: pode entrar que a casa é tua”, que homenageia e reverencia um dos grandes nomes da música brasileira, Lupicínio Rodrigues, nascido no bairro da Ilhota. Com curadoria de Carlos Gerbase e consultoria artística de Lupicínio Rodrigues Filho, a mostra apresenta um extenso acervo de fotos, vídeos e memorabília original do cantor, com diversos objetos pessoais exibidos pela primeira vez ao público.

São aproximadamente 150 fotos e 70 objetos pessoais de Lupicínio Rodrigues, muitos nunca antes exibidos. A exposição é organizada em 13 ambientes e ocupa o Grande Hall do prédio no Centro da capital, ficando em cartaz até o dia 23 de julho.

“O Santander se orgulha em apresentar a exposição ‘Lupi – pode entrar que a casa é tua’, que registra e enaltece o talento de Lupicínio Rodrigues, um dos mais brilhantes compositores e cantores gaúchos do século XX. Nesta exposição propomos ver e ouvir esse artista que rompeu fronteiras culturais, estéticas e geográficas e tornou-se um ícone para a cultura brasileira”; comenta Maitê Leite, vice-presidente executiva Institucional do Santander Brasil.

A exposição proporcionará aproximação à extensa obra musical do cantor e compositor. Além disso, por meio de recursos audiovisuais e cenográficos, será representada a vida boêmia de Porto Alegre, cuja riqueza cultural está registrada nas letras de Lupi. Para aproximar a obra do compositor das gerações atuais, a exposição reserva espaço para a exibição de cinco vídeos inéditos com cantoras de Porto Alegre dando nova roupagem a clássicos como “Nunca”, “Vingança” e “Se Acaso Você Chegasse”. 

Sua importância para a música popular brasileira, explicitada nas centenas de versões de grandes intérpretes, também será destacada, mostrando o alcance de sua obra e seu amplo leque de influências na carreira de outros artistas, que parte do tradicional samba-canção da década de 1930, mas chega com força na revolução tropicalista. Versões de Elza Soares, Caetano Veloso e Gilberto Gil, em vídeos originais, são atrações relevantes da mostra.

Grande parte das fotos, documentos e objetos que estarão na exposição vem do acervo pessoal de Lupicínio Rodrigues Filho. Há também imagens do arquivo do jornalista Marcello Campos (consultor histórico da exposição) e do fotógrafo Pedro Flores. O Grêmio Foot-ball Porto Alegrense, time de Lupicínio e do qual o artista é autor do hino, também cedeu imagens e objetos que vieram do museu do clube. A exposição é organizada em 13 diferentes seções, que abordam fases e temas importantes e conectados à carreira de Lupi.

Lupi: Pode Entrar que a Casa É Tua

A partir desta terça-feira, dia 18, até 23 de julho, no Farol Santander (Rua Sete de Setembro, 1028), em Porto Alegre.
Horário de visitação: de terça a sábado, das 10h às 19h, e domingos, das 11h às 18h.
Ingressos: R$ 17, disponíveis pelo site do Farol Santander.

Fonte: https://www.correiodopovo.com.br/arteagenda/exposi%C3%A7%C3%A3o-que-homenageia-lupic%C3%ADnio-rodrigues-abre-em-porto-alegre-1.1019019

Compartilhar

Mais Notícias

COMEÇAM AS FILMAGENS DE “A HISTÓRIA MAIS TRISTE DO MUNDO”

Nesta segunda-feira, a câmera e os microfones foram acionados pela primeira vez para a realização do longa-metragem “A história mais triste do mundo”, do diretor Hique Montanari, uma co-produção da Container Filmes com a Prana Filmes. Baseado do livro homônimo de Mário Corso, a produção deve ser concluída em sete semanas, com locações em Porto […]

25 de março de 2024

ESTÁ COMEÇANDO “A HISTÓRIA MAIS TRISTE DO MUNDO”

GZH – Ticiano Osório – 27/11/23 Livro de Mário Corso vai virar filme de Hique Montanari Adaptação de “A História Mais Triste do Mundo” começará a ser produzida em 2024 O livro vencedor do Prêmio Açorianos de 2015 de Literatura Infantil, A História Mais Triste do Mundo, de Mário Corso, vai virar um longa-metragem com […]

6 de fevereiro de 2024

“Sioma Breitman, o Retratista de Porto Alegre” indicada ao XVI Prêmio Açorianos de Artes Plásticas

“Sioma Breitman, o Retratista de Porto Alegre” é finalista do XVI Prêmio Açorianos de Artes Plásticas em duas categorias distintas: Destaque Exposição Individual e Destaque Curadoria / Institucional! Esta exposição, que inaugurou o calendário de mostras do Farol Santander POA em 2022, tem uma conexão direta com as celebrações dos 250 anos da nossa cidade. […]

31 de outubro de 2023

Bio – Construindo uma vida na Primavera Gaúcha 🌸🎥

Nascido em 1959 e morto em 2070, um homem tem uma patologia especial que não o permite mentir. Depois de sua morte, amigos e membros de sua família se reúnem para relembrar acontecimentos especiais pelos quais passaram juntos e que montam um interessante retrato da biografia do rapaz. Misturando documentário e ficção, “Bio”, de Carlos […]

2 de outubro de 2023
Voltar