Cinema Europeu Contemporâneo na Programação de Junho do Cine Farol Santander

Durante o mês de junho, o Cine Farol Santander irá apresentar oito filmes europeus contemporâneos de diferentes países – sendo seis deles inéditos nos cinemas de Porto Alegre. Entre os que farão sua estreia local está o longa-metragem ucraniano “Stop-Zemlia”, premiado com o Urso de Cristal no Festival de Cinema de Berlim, e “O Retorno”, da diretora Malene Choi, vencedor do Prêmio do Júri no Festival de Cinema de Bruxelas.

Confira abaixo a grade horária e informações dos filmes:

02/06
15h Stop-Zemlia
17h30 O Alfaiate

03/06
15h Stop-Zemlia
17h30 O Alfaiate

04/06
15h Stop-Zemlia
17h30 O Alfaiate

05/06
15h Stop-Zemlia
17h30 O Alfaiate

07/06
15h Stop-Zemlia
17h30 O Alfaiate

08/06
15h Stop-Zemlia
17h30 O Alfaiate

09/06
15h Adam e Evelyn
17h30 Rebeldes de Verão

10/06
15h Adam e Evelyn
17h30 Rebeldes de Verão

11/06
15h Adam e Evelyn
17h30 Rebeldes de Verão

12/06
15h Adam e Evelyn
17h30 Rebeldes de Verão

14/06
15h Adam e Evelyn
17h30 Rebeldes de Verão

15/06
15h Adam e Evelyn
17h30 Rebeldes de Verão

16/06
15h Além dos Sonhos
17h30 O Retorno

17/06
15h Além dos Sonhos
17h30 O Retorno

18/06
15h Além dos Sonhos
17h30 O Retorno

19/06
15h Além dos Sonhos
17h30 O Retorno

21/06
15h Além dos Sonhos
17h30 O Retorno

22/06
15h Além dos Sonhos
17h30 O Retorno

23/06
15h Uma Mulher Alta
17h30 Aqueles que Ficaram

24/06
15h Uma Mulher Alta
17h30 Aqueles que Ficaram

25/06
15h Uma Mulher Alta
17h30 Aqueles que Ficaram

26/06
15h Uma Mulher Alta
17h30 Aqueles que Ficaram

28/06
15h Uma Mulher Alta
17h30 Aqueles que Ficaram

29/06
15h Uma Mulher Alta
17h30 Aqueles que Ficaram

Stop-Zemlia, de Kateryna Gornostai
A introvertida estudante Masha se vê como uma estranha, a menos que ela saia com
Yana e Senia, que compartilham seu status de não-conformista. Enquanto navega por
um momento intenso do ano pré-graduação, Masha se apaixona de uma forma que a
obriga a sair de sua zona de conforto.
2021, Ucrânia, Drama, Romance, 122 min, Classificação Indicativa: 14 anos.

O Alfaiate, de Sonia Liza Kenterman
Nikos mora no sótão da alfaiataria da família. Depois de o banco tentar reaver a loja,
seu pai adoece e ele tem a brilhante ideia de transitar pela cidade com uma alfaiataria
sobre rodas, o que pode solucionar os problemas.
2020, Grécia, Alemanha, Bélgica, Comédia, Drama, 101 min, Classificação Indicativa: 12 anos.

Adam e Evelyn, de Andreas Goldstein
Depois de descobrir que estava sendo traída pelo marido, Evelyn decide viajar para a
Hungria ao lado de duas amigas. Atordoado e sem saber o que fazer para salvar o seu
casamento, Adam vai atrás da esposa no estrangeiro.
2018, Alemanha, Drama, 100 min, Classificação Indicativa: 14 anos.

Rebeldes de Verão, de Martina Sakova
Jonas queria passar o verão com o avô, mas sua mãe decide ir ao litoral. O garoto então
foge e vai ao encontro do senhor, que se tornou um velho rabugento e mal-humorado.
Felizmente, o menino faz amizade com uma vizinha.
2020, Eslováquia, Drama, 93 min, Classificação Indicativa: 10 anos.

Além dos Sonhos, de Rojda Sekersöz
A amizade e os sonhos de uma gangue são postos à prova quando Mirja sai da prisão
com a intenção de romper com o passado e embarcar em uma nova vida. Sua escolha é
entre ser leal à mãe doente e à irmã mais nova ou apoiar as amigas que realmente eram
sua família.
2017, Suécia, Drama, 92 min, Classificação Indicativa: 16 anos.

O Retorno, de Malene Choi
Karoline e Thomas foram adotados e cresceram na Dinamarca. Já na casa dos 30 anos,
eles retornam à Coreia do Sul, onde nasceram. Em Seul, conhecem outras pessoas que
foram adotadas (e que foram criadas nos Estados Unidos e na Europa). A busca por suas
raízes os faz questionar seus próprios destinos e suas identidade.
2017, Dinamarca, Documentário, Drama, 85 min, Classificação Indicativa: 12 anos.

Uma Mulher Alta, de Kantemir Balagov
1945, Leningrado. A Segunda Guerra Mundial devastou a cidade, demolindo seus
edifícios e deixando seus cidadãos em pedaços, físicos e mentalmente. Embora o cerco –
um dos piores da história – tenha finalmente terminado, a vida e a morte continuam a
sua batalha nos destroços que restam. Duas jovens mulheres, Iya e Masha, buscam por
sentido e esperança na luta para reconstruir suas vidas entre as ruínas.
2019, Rússia, Drama, 120 min, Classificação Indicativa: 16 anos.

Aqueles que Ficaram, de Barnabás Tóth
Hungria, final dos anos 40. Sobrevivente dos campos de concentração, Aldo vive uma
vida solitária como médico em Budapeste. A jovem Klára, de 16 anos, vive
relutantemente com sua tia-avó, esperando que seu pai e sua mãe retornem. Ela conhece
Aldo, e logo os dois encontram algo um no outro que tem estado ausente em suas vidas
há anos.
2019, Hungria, Drama, 83 min, Classificação Indicativa: 12 anos.

Compartilhar

Mais Notícias

Mostra Pixar: 28 ano de Animação | Cine Farol Santander

O Cine Farol Santander irá exibir, no mês de julho, uma mostra retrospectiva de um dos principais estúdios de animação mundial, com 18 longas-metragens em exibição. Além disso, teremos 2 cursos de animação voltado ao público na faixa etária de 12 a 16 anos. Os filmes serão exibidos dublados e com entrada gratuita. 30/06 15h […]

24 de June de 2022

Oficina “Introdução a Animação em Stop-Motion”, com Victória Kaminski

Introdução a Animação em Stop-Motion, oficina com Victória KaminskiData: 07 de julhoHorário: 14:30 às 17:30Público Alvo: 10 a 16 anosInscrições GratuitasFormulário de Inscrição: https://forms.gle/GwWamQJuGW4YvErM7 A proposta da oficina é introduzir uma das principais técnicas da área da animação: o stop-motion. Esta técnica, por si só, possui um leque enorme de possibilidades, posto que as animações em […]

24 de June de 2022

Oficina “Animando Desenhos”, com Marco Arruda

Animando Desenhos, com Marco ArrudaData: 05 de julhoHorário: 14:30 às 17:30Público Alvo: 10 a 16 anosInscrições GratuitasFormulário de Inscrição: https://forms.gle/hnM1yMW27gdYUjck9 A ideia da oficina é dar uma breve descrição teórica de quais são as técnicas disponíveis para se criar animação. Posteriormente, será feito um exercício onde os participantes farão uma sequência de desenhos em papel tentando […]

24 de June de 2022

21ª edição do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2022: Iuli Gerbase é indicada a Melhor Primeira Direção por “A Nuvem Rosa”

A Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais divulgou a lista com os finalistas do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2022, considerado a maior premiação do cinema do Brasil. Dentre os escolhidos em votação pelos sócios da Academia, Iuli Gerbase é uma das finalistas ao prêmio Melhor Primeira Direção, pelo longa-metragem “A Nuvem Rosa” com produção […]

17 de June de 2022
Voltar