Arquivo do tipo categoria: Cinema

Selecione por categoria:

As mulheres no poder 23 de fevereiro de 2011

A Presidenta chama-se Dilma. A Ministra da Cultura, Anna. A Secretária do Audiovisual do MINC, também Ana. Três mulheres nos lugares antes ocupados por três homens. As três principais instâncias de decisão na política cinematográfica brasileira (com a esperança de que a Presidenta tenha um tempinho pra olhar pra gente) são femininas. Isso significa que: […]

Direitos autorais (4): ECAD 2 de agosto de 2010

Desde que as salas de cinema "Aeroclube", da cidade de Salvador, Bahia, foram fechadas durante uma semana, em 2003, por uma ação do ECAD (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição), por supostamente sonegarem o pagamento de direitos autorais referentes às trilhas musicais dos filmes apresentados, iniciou-se uma movimentada batalha jurídica que envolve os exibidores, os […]

Direitos autorais (3) 27 de julho de 2010

Quando foi inventado, em 1895, o cinema “naturalmente” seguiu as regras e as leis que a indústria da fotografia estabelecera nada “naturalmente”. Quem lembra os nomes das dezenas de operadores da indústria dos irmãos Lumière? Lembramos apenas dos seus patrões, os empresários Lumière, que detinham o poder econômico. Nos Estados Unidos, Thomas Edison criou, numa […]

Direitos autorais (1) 22 de julho de 2010

Aproveitando que a discussão sobre direitos autorais está quente, e tentando colaborar para que a nova lei que regula a área seja aprovada (é uma lei bastante tímida, mas melhor que a monstruosidade jurídica que hoje nos governa), inicio hoje a publicação, em seis partes, de um ensaio sobre direitos autorais. Esse ensaio saiu no […]

O que li (em 2005) 1 de julho de 2010

É estranho ver a lista do que li em 2005, um ano que está marcado nitidamente na minha memória. Outros anos fundamentais: 1977 (quando o Grêmio foi campeão gaúcho no Gre-Nal mais importante da história), 1980 (quando conheci a Luciana), 1982 (quando meu pai morreu, bem no meio das filmagens de “Inverno”, meu primeiro longa), […]

Liberdade, igualdade, fraternidade e diversidade 5 de junho de 2010

Todo mundo sabe que Paris é uma cidade com uma vida cultural muito intensa e que oferece muitos espetáculos, tanto para seus habitantes, como para a horda tradicional de turistas. Mas só depois de passar alguns meses aqui a gente percebe a grandiosidade dessa oferta. Aprendi que, toda quarta-feira, a primeira coisa a fazer é […]

Brasil, o novo Eldorado 17 de maio de 2010

Aqui no Festival de Cannes alguns estrangeiros nos perguntam: o que está acontecendo para o Brasil obter tanto sucesso? Apesar do Brasil não ter nenhum longa concorrendo no Palais, ou selecionado para as paralelas da Croisette, nunca estivemos tão em alta na opinião internacional. É muito bom olhar o que escrevem e dizem do teu […]

Adolescer antes que o mundo acabe 11 de maio de 2010

Não é fácil fazer um filme sobre a adolescência, apesar dos manuais de roteiro dizerem que ritos de passagem estão entre as melhores situações dramáticas que existem. É bem mais fácil fazer um filme para adolescentes, e Hollywood tem demonstrado grande competência nesse campo, pelo menos se considerarmos os sucessos das séries Harry Potter e […]

O que li (em 2004) 25 de abril de 2010

Ano complicado, em que dirigi “Sal de Prata”. Na verdade, o processo de realização foi tranqüilo, prazeroso até, mas todo longa, inevitavelmente, gera alguma tensão e uma boa dose de ansiedade. Também foi o ano em que o TECCINE (Curso Superior Tecnológico de Produção Audiovisual, da PUCRS) recebeu sua primeira turma. Em 2004, eu atuava […]

Os problemas de enganar o enganado 26 de março de 2010

Não gostei de “Shutter Island” e vou tentar explicar por quê.   Temos uma velha expressão aqui na Casa de Cinema, utilizada na estréia dos nossos filmes quando, eventualmente, percebemos uma boa recepção do público: “Enganamos eles”. Fazer cinema é manipular a mais poderosa máquina de criar mentiras que a humanidade já inventou. Um bom […]

Norberto Lubisco 24 de fevereiro de 2010

A Sala Norberto Lubisco, da Casa de Cultura Mário Quintana, fechou. Li que há razões econômicas (era deficitária) e estruturais (falta de uma saída de emergência) para isso ter acontecido. É uma pena. Vi um filme muito importante – pelo menos para mim – naquela sala: “Festa de família”, de Thomas Vintemberg, a primeira – […]

Um universo de infinitas possibilidades 30 de novembro de 2009

Em 77 estava na UFRGS fazendo o meu primeiro filme, “O Francês”, na cadeira de cinema. O professor Sérgio Rosa deu o tema coletivo para a turma filmar, a partir de um anúncio de jornal em que um francês, que vinha trabalhar no Brasil, desejava trocar de residência com um brasileiro pelo mesmo tempo de utilização. Os alunos deitaram e […]