Prana Filmes

Todos morrem no fim

SONY DSC

Todos morrem no fim é uma série de TV baseada nos personagens do romance policial homônimo, escrito por Carlos Gerbase e lançado pela editora Sulina no final de 2010. O cenário mais importante da série é a fictícia Terceira Delegacia de Polícia, do município de Sapucaia do Sul, na Grande Porto Alegre. Ali circulam homens e mulheres de todas as classes sociais, envolvidos em episódios criminais de grandes ou pequenas proporções, num painel dos principais desafios enfrentados pelos homens da lei. O grande diferencial da série é sua aposta radical no lado humano dos conflitos, Mais importante que saber “quem matou”, ou “quem roubou” é revelar que todo processo de investigação exige muito mais que conhecimento ou domínio de técnicas. O policial é um ser que precisa primeiro compreender o mundo, para depois atuar nele.

O Inspetor Otávio, personagem principal, tem uns 50 anos, é obeso, mora sozinho numa casa pequena e sua vida social se resume a noitadas regadas a conhaque no bar Majestade, onde está em contato permanente com o submundo do crime.

Como policial, ele é um grande paradoxo: aceita propinas, explora uma prostituta e tem ligações escusas com pequenos marginais, mas não desiste nunca antes de resolver um caso. Segue uma ética particular e demonstra grande sensibilidade para julgar as pessoas e determinar quem mente e quem fala a verdade. Seu passado é desconhecido pelos colegas da delegacia, e Otávio nunca fala sobre ele.

Contemplado na Chamada Pública FSA Prodav 05/2013 – desenvolvimento de projeto para televisão.

Direção e Roteiro: Carlos Gerbase
Produção: Luciana Tomasi
Produtora: Prana Filmes
Obra seriada em 08 capítulos de 46 minutos.
Ficção