Prana Filmes

Ensino da Linguagem Audiovisual

Carlos Gerbase e Luciana Tomasi foram pioneiros na realização de oficinas de educação da linguagem audiovisual, no começo da década de 80, quando o home-video dava seus primeiros passos no Brasil. Dezenas de estudantes passaram pelos seus cursos oferecidos no Museu de Comunicação Hipólito José da Costa. Essa atividade continuou nos cursos da Casa de Cinema em parceria com a UFRGS (1989 e 1990), no Instituto Goethe (Oficinema) e na PUCRS, onde Gerbase dá aula desde 1981.

Nos últimos dez anos, Luciana e Gerbase também desenvolveram cursos de atualização da linguagem audiovisual para jornalistas da Rede Globo de Televisão, trabalhando principalmente com a tradição do documentário. Foram realizadas mais de 30 edições, nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, Belo Horizonte, Florianópolis e Porto Alegre.

Em 2012, a Prana Filmes realizou a primeira edição do projeto Primeiro Filme, que visa a formação de professores da rede de ensino do Rio Grande do Sul, contemplando neste a impressão e distribuição gratuita de material – livro e DVD – previamente produzido com o mesmo nome. Auxiliando e instruindo professores, através de oficinas de capacitação, a incorporar o ensino de cinema nas escolas, construindo ferramentas didáticas que possam ser úteis no aprendizado de diversas matérias curriculares. Nesta primeira edição, professores de 96 escolas participaram das oficinas ocorridas. Ao total, foram distribuídos gratuitamente 7.000 exemplares do livro e 3.000 do DVD para estudantes e mestres. Ao final do projeto, celebrou-se o I Festival Primeiro Filme, com 42 filmes estudantis inscritos e 323 alunos participantes.

A Prana Filmes prepara o II Festival Primeiro Filme para o ano de 2015.